sicnot

Perfil

Desporto

Treinador Franck Dumas condenado a três anos de prisão por fraude fiscal

O treinador Franck Dumas foi condenado esta terça-feira a três anos de prisão por fraude fiscal, mas a leitura da sentença foi marcada pela ausência em tribunal do antigo técnico do Caen e ex-futebolista do Mónaco, Marselha e Newcastle.

Franck Dumas, de 48 anos, orientou o Caen entre 2005 e 2012 na I Liga do futebol francês, e o tribunal considerou que o treinador, presentemente a viver na Guiné Equatorial, deve cerca de 557.000 euros ao fisco, 450.000 dos quais relativos a rendimentos de 2012.

O treinador gaulês, que não compareceu à leitura da sentença nem se fez representar, escreveu da Guiné Equatorial em agosto ao tribunal dando conta do seu desejo de liquidar o valor em dívida.

O juiz Christophe Subts, do tribunal de Caen, referiu-se de forma mordaz ao comportamento de Franck Dumas e da sua mulher, considerando que "no desporto algumas vezes o dinheiro desaparece".

Enquanto jogador, Franck Dumas realizou mais de 500 jogos ao mais alto nível pelo Caen, Mónaco - clube com o qual se sagrou campeão francês - e Marselha. O médio realizou ainda seis jogos pelos ingleses do Newcastle, em 2000.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.