sicnot

Perfil

Desporto

Iordanov sobe ao Marquês de Pombal pelo Sporting "se for preciso"

O antigo futebolista búlgaro do Sporting Iordanov, que celebrou o título após jejum de 18 anos colocando um cachecol na estátua do Marquês de Pombal, Lisboa, em 2000, quer voltar a festejar e, "se for preciso" repetir a façanha.

"Espero bem que sim. Com muito prazer vou festejar o título do Sporting lá em Lisboa. Se for preciso, vou subir, com muito gosto", disse, na Embaixada de Portugal em Sofia, onde o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teve um encontro com a comunidade portuguesa e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Búlgara, da qual o primeiro capitão de equipa estrangeiro dos 'leões' faz parte.

Ivaylo Stoimenov Iordanov, agora com 48 anos, alcançou 50 internacionalizações pela Bulgária, colaborando no quarto lugar da seleção no Mundial EUA94, ao lado do então colega do Sporting Krassimir Balakov, do rival do FC Porto Emil Kostadinov ou do histórico goleador do FC Barcelona Hristo Stoichkov.

O búlgaro representou o Sporting entre 1991 e 2001, quando abandonou a carreira em virtude da esclerose múltipla que lhe tinha sido diagnosticada em 1997. Pelos 'verde e brancos' atuou em mais de 200 desafios e apontou 71 golos.

"Ontem [quarta-feira] vi o jogo, infelizmente o Ronaldo, que é fruto das escolas do Sporting, deu a vitória ao Real Madrid, mas penso que o Sporting jogou muito bem", comentou sobre a derrota (2-1) da véspera do clube lisboeta em visita ao Real Madrid, na primeira jornada do Grupo F da Liga dos Campeões.

O jogador português dos 'merengues' empatou a partida já aos 89 minutos e Morata fez o resultado final aos 90+4.

Sobre o treinador do Sporting, transferido há um ano do rival Benfica, Jorge Jesus, a glória 'leonina' escusou alongar-se em comentários: "sou treinador e não posso falar de treinadores. É meu colega também", disse o atual técnico adjunto do clube da I Liga búlgara Beroe Stara Zagora, terceiro classificado.

"Fui muito novo e tornei-me homem em Portugal, para onde fui muito novo e o que sou hoje devo a Portugal, meu segundo país", declarou, contando que a filha mais velha frequenta o 3.º ano de um curso superior de Direito em Portugal e, como ainda possui casa em Lisboa, é "sempre cá e lá, um vai-e-vem", com o filho mais novo e a mulher.

Relativamente ao convite que lhe foi endereçado para a "boa iniciativa para juntar ainda mais os povos português e búlgaro e fazer essa ligação", Iordanov vê-se como um "relações públicas com muito gosto" por ser "conhecido em Portugal e na Bulgária".

Lusa

  • Marcar cedo e resistir (ou como Portugal venceu Marrocos)

    Mundial 2018 / Portugal

    A seleção nacional alcançou hoje a primeira vitória no Mundial 2018, frente a Marrocos, em Moscovo. Cristiano Ronaldo (outra vez) marcou logo aos quatro minutos. Depois, Portugal pouco mais fez senão aguentar as investidas dos marroquinos, que ficam desde já afastados dos oitavos de final.

  • Fernando Santos dá um puxão de orelhas à equipa
    1:57
  • E vão quatro de Ronaldo
    1:58
  • Ronaldo, o motivador
    3:23
  • Os "memes" do desempenho de Cristiano Ronaldo frente a Marrocos
    1:25
  • Cristiano Ronaldo: o melhor do jogo, o melhor do Mundial, o melhor do mundo

    Mundial 2018 / Portugal

    Apesar da prestação de Rui Patrício na defesa da baliza lusa, Cristiano Ronaldo foi eleito o homem do jogo, pela segunda vez consecutiva, depois de marcar o golo que deu a vitória a Portugal frente a Marrocos. O capitão português ofereceu à equipa os três pontos essenciais para a eventual passagem aos oitavos de final. Mas Ronaldo não fica por aqui. Contas feitas, CR7 é o melhor marcador do Mundial (4 golos em 2 jogos) e já marcou 85 golos por Portugal, feito nunca antes alcançado nem por Eusébio nem por Pauleta. No auge dos 33 anos, há quem diga que Ronaldo "é como o vinho do Porto". Será que ainda vai chegar à marca dos 100? Parece que, para o CR7, nada é impossível.

  • Parecia que Rui Patrício tinha cola nas luvas
    5:40
  • Os momentos descontraídos dos jogadores que estão no Mundial
    1:54
  • Selecionador de Marrocos queixa-se da arbitragem
    1:41
  • Georgina Rodriguez assistiu ao jogo de Portugal e acenou a Ronaldo
    1:05
  • Ronaldo no País dos Sovietes: O humor russo
    1:32
  • Schulz responde a Trump: "é um especialista em estatísticas criminais"

    Mundo

    "Donald Trump é um especialista em estatísticas criminais: pagamentos a estrelas porno, contactos ilegais com russos e diretores de campanha presos". Foi assim que o deputado alemão Martin Schulz respondeu ao Presidente norte-americano, depois de este ter afirmado várias vezes que a criminalidade na Alemanha aumentou devido à imigração.

    SIC

  • "Vou pedir a alguém que dê esta notícia por mim". Jornalista emociona-se com o caso dos bebés mexicanos separados das famílias
    0:49