sicnot

Perfil

Desporto

Neymar confirma propostas para sair mas não se imagina fora do FC Barcelona

Neymar confirmou esta quinta-feira ter recebido várias propostas para mudar de clube, mas decidiu permanecer na Catalunha por não se conseguir imaginar noutro clube que não o FC Barcelona.

"Tivemos muitas conversas, com muitas pessoas e não apenas com uma. Optei por permanecer no FC Barcelona, porque aqui sinto-me em casa. Sou muito feliz aqui, onde tenho a minha vida e os meus amigos. Sou do 'Barça' e por isso fiquei", disse Neymar.

Em declarações à ESPN Brasil, o empresário do jogador, Wagner Ribeiro, assegurou que Neymar recebeu uma proposta do presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, que oferecia 40 milhões anuais ao jogador e cobria os 190 milhões de euros da cláusula de rescisão.

Neymar, que em agosto se sagrou campeão olímpico nos Jogos Rio2016, escusou-se a confirmar os valores adiantados pelo seu representante Wagner Ribeiro, por não gostar de falar de números.

"Não posso confirmar os valores. Falámos com várias pessoas e de diferentes clubes, não apenas de um. Mas escolhi ficar aqui e estou contente. Espero disfrutar da cidade e do clube", adiantou Neymar.

O avançado brasileiro disse que desde que chegou a Espanha está a viver um sonho e só espera continuar a trabalhar para continuar a ajudar o clube a ganhar mais títulos.

"Quero é jogar futebol e sou feliz assim", disse o avançado brasileiro, que não se imagina a jogar noutro clube que não o FC Barcelona e que espera voltar a marcar presença entre os três finalistas à Bola de Ouro.

Em relação aos favoritos para a conquista do galardão, Neymar disse ser difícil decidir, dado que, em sua opinião, tanto o seu colega argentino Lionel Messi como o rival português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, conquistaram títulos importantes.

No entanto, e ainda segundo o avançado brasileiro, Messi não deveria de ter que participar na Bola de Ouro, pois, como é o melhor futebolista que viu jogar, deviam dar-lhe sempre um troféu todos os anos.

Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.