sicnot

Perfil

Desporto

3.ª derrota consecutiva para Mourinho

© Reuters Staff / Reuters

O Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, sofreu hoje a terceira derrota consecutiva, a segunda na liga inglesa de futebol, na visita ao Watford, por 3-1, na quinta jornada.


Depois de ter sido derrotado em casa pelo 'vizinho' Manchester City (1-2) na ronda anterior, o United sofreu nova derrota na quinta-feira, no terreno dos holandeses do Feyenoord (1-0), na jornada inaugural do Grupo A da Liga Europa, seguindo-se o desaire de hoje na visita a uma equipa que ainda não tinha vencido em casa.

O francês Etienne Capoue inaugurou o resultado a favor dos anfitriões, aos 34 minutos, levando a vantagem mínima para o intervalo.

Aos 62 minutos, Marcus Rashford ainda igualou para os 'red devils', mas os últimos sete minutos viriam a ser azarados para os pupilos de José Mourinho.

Numa altura em que o Manchester United procurava a reviravolta no marcador, o colombiano Camilo Zuñiga, que entrara um minuto antes, voltou a colocar o Watford na frente, aos 83 minutos.

Nos últimos instantes das compensações, aos 90+5, Troy Deeney, na cobrança de uma grande penalidade, fechou o resultado para os donos da casa, que não venciam o Manchester United há 30 anos.

Com esta derrota, o Manchester United desceu ao sexto lugar, com os mesmos nove pontos, a seis do líder, o Manchester City, que no sábado goleou em casa o Bournemouth por 4-0 e segue isolado na tabela, com mais dois pontos que Everton.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC