sicnot

Perfil

Desporto

3.ª derrota consecutiva para Mourinho

© Reuters Staff / Reuters

O Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, sofreu hoje a terceira derrota consecutiva, a segunda na liga inglesa de futebol, na visita ao Watford, por 3-1, na quinta jornada.


Depois de ter sido derrotado em casa pelo 'vizinho' Manchester City (1-2) na ronda anterior, o United sofreu nova derrota na quinta-feira, no terreno dos holandeses do Feyenoord (1-0), na jornada inaugural do Grupo A da Liga Europa, seguindo-se o desaire de hoje na visita a uma equipa que ainda não tinha vencido em casa.

O francês Etienne Capoue inaugurou o resultado a favor dos anfitriões, aos 34 minutos, levando a vantagem mínima para o intervalo.

Aos 62 minutos, Marcus Rashford ainda igualou para os 'red devils', mas os últimos sete minutos viriam a ser azarados para os pupilos de José Mourinho.

Numa altura em que o Manchester United procurava a reviravolta no marcador, o colombiano Camilo Zuñiga, que entrara um minuto antes, voltou a colocar o Watford na frente, aos 83 minutos.

Nos últimos instantes das compensações, aos 90+5, Troy Deeney, na cobrança de uma grande penalidade, fechou o resultado para os donos da casa, que não venciam o Manchester United há 30 anos.

Com esta derrota, o Manchester United desceu ao sexto lugar, com os mesmos nove pontos, a seis do líder, o Manchester City, que no sábado goleou em casa o Bournemouth por 4-0 e segue isolado na tabela, com mais dois pontos que Everton.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15

    Mundo

    Na Califórnia, nos Estados Unidos, já foi eleito o cão mais feio do mundo de 2017, num concurso que se repete há 29 anos. Com 57 quilos, Martha recebeu a distinção enquanto ressonava no palco.