sicnot

Perfil

Desporto

Patrick van Aanholt falhou jogo devido a possível problema cardíaco

© Reuters Staff / Reuters

O futebolista holandês Patrick van Aanholt falhou o jogo de domingo do Sunderland em casa do Tottenham (derrota por 1-0), devido aos resultados dos exames cardíacos, revelou esta terça-feira o treinador David Moyes.

O lateral esquerdo, de 26 anos, estava indicado para o onze titular no jogo de domingo e foi surpreendido quando o seu companheiro de equipa Jason Denayer, que assumiria a posição, lhe disse que não iria jogar.

O técnico do Sunderland não quis no domingo explicar as razões pelas quais van Aanholt não jogou, mas revelou hoje que o defesa holandês saiu da equipa devido a problemas clínicos.

"Ele fez os exames com cardiologistas e o painel de cardiologistas da Federação Inglesa olharam para eles. Mais tarde, no domingo, avisaram-nos que ele não deveria jogar até realizar mais exames", explicou Moyes.

O treinador considerou ser incompreensível que o Sunderland não tivesse sido notificado mais cedo.

O lateral holandês deverá viajar com a equipa, que na quarta-feira visita o Queens Park Rangers na Taça da Liga, mas que ainda não decidiu se Van Aanholt jogará, tendo em conta que continua a fazer exames de diagnóstico.

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.