sicnot

Perfil

Desporto

Touré só volta a jogar no City depois de empresário pedir desculpa

© Reuters Staff / Reuters

O técnico do Manchester City, o espanhol Pep Guardiola, afirmou esta terça-feira que o futebolista costa-marfinense Yaya Touré não volta a atuar pelos citizens enquanto o seu empresário não pedir desculpa ao clube.

"Até que Dmitri Seluk tenha a coragem de falar comigo ou pedir desculpas públicas primeiro ao Manchester City, depois aos colegas de equipa de Touré e a mim, o jogador não voltará a entrar nas minhas opções. Não aceito que qualquer empresário faça declarações públicas só porque o seu jogador não joga", afirmou Pep Guardiola.

O treinador do Manchester City falava na conferência de imprensa de antevisão do duelo de quarta-feira com o Swansea City, da terceira eliminatória da Taça da Liga inglesa.

Em causa, estão as recentes declarações do empresário Dmitri Seluk, que se "atirou" a Guardiola por ter deixado Touré de fora dos jogadores inscritos na Liga dos Campeões.

No início de setembro, Seluk acusou o treinador espanhol de estar a "humilhar" o médio de 33 anos, que termina contrato com o Manchester City no final da temporada. Mais recentemente, lembrou os problemas que Guardiola teve com o sueco Zlatan Ibrahimovic enquanto comandava o FC Barcelona.

"Quando pedir desculpa, Yaya Touré fará parte do plantel e terá possibilidade de jogar", acrescentou Guardiola.

Touré anunciou esta terça-feira que vai abandonar a seleção da Costa do Marfim, depois de 113 internacionalizações.

Lusa

  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.