sicnot

Perfil

Desporto

Yaya Touré abandona seleção da Costa do Marfim

© Reuters Staff / Reuters

O futebolista Yaya Touré anunciou esta terça-feira que vai abandonar a seleção da Costa do Marfim, depois de 113 internacionalizações.

"Escrever esta nota é, provavelmente, o jogo mais difícil da minha vida. Depois de 14 anos ao mais alto nível, tenho a certeza que esta é a melhor altura para tomar esta decisão", escreveu Touré na sua página oficial no Twitter.

O médio lembrou que, embora com 33 anos, "a intensidade dos treinos e o grande número de jogos" não são as razões pelas quais tomou esta decisão, sem contudo avançar com mais explicações, limitando-se a acrescentar que quis "dizer solenemente" que vai parar pela equipa do seu país.

"Joguei na Bélgica (Beveren), Ucrânia (Metalurg Donetsk), Grécia (Olympiacos), França (Mónaco), Espanha (FC Barcelona), onde conquistei a prestigiada Liga dos Campeões, em 2009, e também em Inglaterra, onde ainda jogo (Manchester City, desde 2010)", acrescentou o médio.

Sobre a seleção, Touré destacou que o seu percurso "foi ainda mais especial", já que aprendeu a ganhar pelo seu país.

"É por isso que guardarei para sempre as quatro bolas de ouro africanas", frisou.

Desde que o treinador Pep Guardiola chegou ao Manchester City, neste defeso, Touré não tem sido opção para o espanhol, que não inscreveu o camaronês na Liga dos Campeões e mantém um diferendo público com o empresário do jogador.

Apesar da relação tensa, Touré optou por permanecer em Manchester, embora o seu empresário já tenha dito que existem "fortes possibilidades" de o camaronês sair na reabertura do mercado, em janeiro.

"Yaya pode assinar um pré-acordo com outro clube em janeiro. Vai receber muitas ofertas. É desejado na China e nos Estados Unidos, mas também vai receber muitas outras propostas clubes de Inglaterra e europeus", disse, no início de setembro, o empresário do jogador, Dimitri Seluk.

Nas mesmas declarações, Seluk deixou também uma pequena provocação a Guardiola: "Ele está em boa forma, penso que perdeu sete quilos. Talvez isso não seja suficiente para Guardiola, mas Zlatan Ibrahimovic também não era bom o suficiente para ele", provocou o empresário, lembrando a passagem infeliz do sueco por Barcelona, quando Guardiola treinava os catalães.

Pela seleção da Costa do Marfim, Touré disputou 113 jogos e marcou 19 golos. Vestiu pela primeira vez a camisola dos Elefantes a 20 de junho de 2004, num jogo com o Egito, e disputou o último jogo a 08 de fevereiro de 2015, com o Gana.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".