sicnot

Perfil

Desporto

Pepe está de volta aos treinos

O defesa Pepe voltou esta quinta-feira aos treinos do Real Madrid, no arranque da preparação dos merengues para a visita de sábado ao Las Palmas, na sexta jornada da Liga espanhola de futebol.

O central campeão da Europa foi uma das baixas no empate caseiro com o Villarreal (1-1), que impediu o treinador Zinedine Zidane de bater o recorde de triunfos consecutivos no campeonato, ficando-se pelos mesmos 16 de Pep Guardiola no Barcelona.

Pepe, recuperado de lesão no joelho, trabalhou sozinho no relvado do centro de estágio de Valdebebas, enquanto os titulares, incluindo Cristiano Ronaldo, fizeram treino e recuperação.

Apesar do empate, o Real Madrid lidera o campeonato com 13 pontos, mais dois do que o Sevilha e três que o Barcelona, que quarta-feira empatou em casa com o Atlético de Madrid (1-1), que partilha com o Las Palmas e o Villarreal o quarto lugar com nove pontos.

Lusa

  • Pepe vai falhar receção ao Villarreal

    Desporto

    O futebolista internacional português Pepe, que sentiu dores após a vitória de domingo do Real Madrid em casa do Espanyol (2-0), vai falhar a receção de quarta-feira ao Villarreal, na quinta jornada da Liga espanhola.

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.