sicnot

Perfil

Desporto

Dortmund vence e iguala Bayern na Bundesliga

Raphael Guerreiro começou esta sexta-feira o jogo no banco de suplentes, mas entrou e ainda foi a tempo de marcar, na vitória do Borussia de Dortmund sobre o Friburgo (3-1), jogo da quinta jornada da liga alemã de futebol.

Com este resultado, o Dortmund chega aos 12 pontos no campeonato, tantos quantos tem o líder Bayern de Munique, que no sábado joga em Hamburgo.

O internacional português foi um dos jogadores poupados por Thomas Tuchel, já com a mente virada para a receção ao Real Madrid, na terça-feira, em jogo para a Liga dos Campeões, tanto mais que na passada terça-feira a equipa tinha jogado em Wolfsburgo (vitória por 5-1).

Raphael Guerreiro entrou aos 71 minutos para o lugar de Mario Goetze, quando a equipa da casa ganhava por 2-1. Marcou o terceiro da sua equipa, aos 90+1 minutos, a confirmar a vitória.

O gabonês Aubameyang abriu a contagem, aos 45, e o polaco Lukasz Piszczek elevou para 2-0, aos 53, antes de Maximilian Phillip reduzir, aos 60.

O Dortmund, vice-campeão em título, integra o grupo F da Liga dos Campeões, juntamente com Sporting, Real Madrid e Legia de Varsóvia. Na primeira ronda goleou por 6-0 em Varsóvia e terá o primeiro cruzamento com o Sporting a 18 de outubro, no estádio José Alvalade.

Lusa

  • Troika nem sempre protegeu os mais vulneráveis, conclui avaliação do FMI

    Economia

    O organismo de avaliação independente do FMI concluiu que as medidas aplicadas pela troika em Portugal nem sempre protegeram as pessoas com menos rendimentos, apontando que a primeira preocupação do Fundo era a redução dos défices, apurou o gabinete independente de avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI),

  • "A maioria das pessoas que criticou André Ventura nunca viveu esses problemas"
    3:43

    Opinião

    A polémica em torno das declarações do candidato do PSD à Câmara de Loures, André Ventura, sobre o modo de vida da etnia cigana no concelho, esteve em análise no Jornal da Noite desta segunda-feira. Miguel Sousa Tavares defende que "os problemas existem mas não podem ser generalizados". O comentador SIC considera, ainda assim, que André Ventura tem razão quando diz que "a maioria das pessoas que o criticou nunca viveu esses problemas".

    Miguel Sousa Tavares