sicnot

Perfil

Desporto

Portugal é campeão mas ainda não é tubarão, reconhece Fernando Santos

MÁRIO CRUZ / LUSA

O selecionador Fernando Santos considera que, apesar de se ter sagrado campeão europeu, Portugal continua fora do grupo dos tubarões do futebol mundial, mas tem a obrigação de manter "a mesma ambição" de conquistar as provas que disputa.

"Portugal foi, é e vai continuar a ser uma grande equipa do futebol europeu. Antes, nunca fazia parte do lote de favoritos e continua na mesma condição. Nunca vai ser dominador no futebol europeu. Não nos podem exigir isso. Podem e devem exigir que tenha a mesma ambição e o mesmo objetivo que tinha antes, que é tentar vencer", afirmou Fernando Santos.

Em entrevista à revista FPF360, da Federação Portuguesa de Futebol, o técnico de 61 anos abordou a renovação que está a acontecer na seleção nacional e disse que "o futuro está assegurado".

"Em Portugal, neste momento, trabalha-se muito bem na formação, tantos nos clubes, e não só nos grandes, como nas seleções. Muito se fala na renovação, mas esse é um processo natural e o futuro está assegurado", referiu o treinador, lembrando que 12 dos jogadores que estiveram no Euro2016 nunca tinha antes participado numa fase final.

A poucos dias de defrontar Andorra e Ilhas Faroé na fase de qualificação para o Mundial2018, Fernando Santos alertou que a seleção nacional "necessita rapidamente de deixar de estar em modo campeão da Europa" e que essa terá sido uma das razões que levou à derrota na Suíça (2-0), na estreia no grupo B.

"É muito diferente competir numa fase de apuramento do que numa fase final. Se calhar ainda estávamos todos um pouco em modo campeão da Europa e isso vai ter que deixar de acontecer. Isso é uma responsabilidade minha e tenho que conseguir que isso termine", frisou o selecionador nacional, acrescentando que Portugal encontrou no Euro2016 "a mentalidade certa para ter sucesso" e que não a pode esquecer.

Fernando Santos defendeu que a seleção portuguesa tem em Cristiano Ronaldo "o melhor jogador do mundo" e, por isso, deve continuar a projetar a sua forma de jogar em torno do avançado do Real Madrid.

"Seria muito estranho Portugal ter o melhor jogador do mundo e não planear a sua forma de jogar de acordo com o que eu penso que pode potenciar o Cristiano Ronaldo. As outras seleções fazem isso", defendeu.

No dia 29 de setembro, Fernando Santos divulga os convocados para os jogos com Andorra e Ilhas Faroé, da fase de qualificação para o Mundial2018, sendo esperado o regresso de Ronaldo, que falhou o arranque em Basileia, devido a lesão.

A seleção nacional defronta Andorra a 07 de outubro, em Aveiro, e as Ilhas Faroé a 10, em Tórshavn.

Lusa

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.