sicnot

Perfil

Desporto

Manchester City prossegue caminhada vitoriosa na Liga inglesa

© Reuters Staff / Reuters

O Manchester City prosseguiu este sábado a caminhada 100% vitoriosa no campeonato inglês de futebol, apesar de ter-se deparado com dificuldades inesperadas para vencer o Swansea por 3-1, em jogo da sexta jornada da prova.

O avançado argentino Sergio Aguero colocou o City em vantagem logo aos nove minutos, mas o Swansea empatou de imediato, aos 13, por intermédio do espanhol Fernando Llorente, e a equipa treinada por Pep Guardiola só voltou a quebrar a resistência dos anfitriões na segunda parte.

Uma grande penalidade cometida pelo holandês Mike van der Hoorn permitiu a Aguero 'bisar', na respetiva transformação, aos 66 minutos, e a equipa de Manchester sentenciou o encontro pouco depois, aos 77, na sequência de um bom trabalho individual de Raheem Sterling.

O City conquistou a sexta vitória em igual número de jogos na prova, detendo quatro pontos de vantagem sobre o Tottenham, segundo classificado, que hoje se impôs por 2-1 no estádio do Middlesbrough, graças aos dois golos marcados pelo sul-coreano Heung-Min Son.

O Liverpool aproveitou a derrota por 1-0 do Everton no terreno do Bournemouth para igualar o rival citadino no terceiro lugar, por força também da goleada na receção ao Hull City, por 5-1, em que beneficiou de duas grande penalidades, concretizadas por James Milner, e da expulsão de Ahmed Elmohamady à passagem da meia hora.

O Manchester United, treinado pelo português José Mourinho, surge no quinto posto, já a seis pontos do rival City, depois de hoje ter regressado às vitórias na Liga inglesa, após duas derrotas seguidas, ao impor-se no seu recinto ao Leicester, campeão em exercício, por 4-1.

O Leicester, que recebe na terça-feira o FC Porto, em jogo da segunda jornada do Grupo G da Liga dos Campeões, ainda resistiu 22 minutos, altura em que Chris Smalling assinou o primeiro golo, tendo os 'red devils' partido para uma grande exibição, chegando ao intervalo a vencer por 4-0 - Juan Mata, Marcus Rashford e Paul Pogba anotaram os restantes tentos.

A formação orientada por Claudio Ranieri ainda reduziu na etapa complementar, por Demarai Gray, aos 59, numa altura em que o United já tinha baixado o ritmo.

O Sunderland perdeu em casa por 3-2 com o Crystal Palace e ficou só na última posição, uma vez que o Stoke City, companheiro de infortúnio, empatou 1-1 na receção ao West Bromwich, numa ronda que ainda tem hoje um jogo 'grande', entre Arsenal e Chelsea.

Lusa

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.

  • Mouchão da Póvoa em risco de desaparecer
    1:58

    País

    A Câmara Municipal de Vila Franca de Xira alerta para o risco de desaparecimento do Mouchão da Póvoa, uma dos três mouchões do Tejo, no concelho. Em causa está a falta de autorização, pedida à Agência Portuguesa do Ambiente, para uma intervenção de emergência nos diques.

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.