sicnot

Perfil

Desporto

Inter e Roma escorregam no campeonato e ficam mais longe da liderança

EMILIO ANDREOLI

O Inter de Milão e a AS Roma foram este domingo incapazes de responder à letra aos triunfos de Juventus e Nápoles, nos confrontos com o Bolonha (1-1) e Torino (1-3), na sexta jornada do campeonato italiano de futebol.

Em Milão, o Inter entrou a perder, na sequência do golo marcado por Destro, aos 14 minutos, e, apesar de a equipa anfitriã ter igualado pouco depois, aos 37, por intermédio de Perisic, não conseguiu consumar a reviravolta no marcador, desperdiçando várias oportunidades de golo.

A Roma fez ainda pior, ao perder por 3-1 com o Torino, que marcou por Belotti (oito minutos) e Iago Falqué (52, de grande penalidade, e 65), de pouco valendo o tento do veterano Francesco Totti, aos 55, também através da marcação de um castigo máximo.

Depois de ter começado o jogo no banco de suplentes, Totti marcou o 250.º golo no campeonato italiano, a dois dias de completar 40 anos, 25 dos quais na equipa principal da Roma, o único clube que representou na longa carreira.

A Roma caiu para o quarto lugar, com um ponto de atraso para o Inter, que, apesar de se ter isolado no terceiro posto, ficou a quatro pontos da líder Juventus e a três do Nápoles, adversário do Benfica na Liga dos Campeões, que no sábado venceram o Palermo (1-0) e o Chievo Verona (2-0), respetivamente.

A Lazio aproveitou o deslize do rival citadino para apanhar os romanos no quarto posto, depois de hoje ter vencido no seu estádio o Empoli, por 2-0, com golos de Keita, aos 29 minutos, e Lulic, aos 90.

Genova e Pescara ficaram-se pelo um empate a uma bola, enquanto o Sassuolo beneficiou do golo solitário marcado por Defrel, aos 34 minutos, para se impor por 1-0 na receção à Udinese.

Lusa

  • Está uma baleia no Cais do Sodré, em Lisboa

    País

    A capitania do Porto de Lisboa confirma a notícia. O cetáceo, um cachalote-pigmeu com cerca de dois metros, está morto. Encontra-se encalhado junto à margem norte do Rio Tejo. A situação está a ser acompanhada pelas autoridades.

    Em atualização

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Partido Podemos com votação inédita em Espanha
    1:32

    Mundo

    Há uma votação inédita em Espanha. O Podemos começou esta terça-feira a decidir a continuidade do líder do partido, depois de Pablo Iglesias e a companheira terem comprado uma casa de 600 mil euros.

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.