sicnot

Perfil

Desporto

Fuso horário da Turquia muda hora de jogo do Benfica na Liga dos Campeões

© Murad Sezer / Reuters

A UEFA comunicou hoje a alteração da hora do jogo entre Besiktas e Benfica, que será às 17:45 de Lisboa (20:45 locais, em Istambul) de 23 de novembro, na quinta jornada do grupo B da Liga dos Campeões.

Em causa está o facto de o governo turco ter decidido este ano não aplicar o horário de inverno, com a habitual mudança de hora, levando a que a partir de 30 de outubro a Turquia tenha uma diferença horária maior em relação ao resto da Europa.

Em relação à maioria dos restantes países da Europa, a Turquia passa a ter mais duas horas, enquanto em relação a Portugal, Irlanda ou Reino Unido passará a ser de mais três.

Um aspeto que fará com que o Besiktas receba a 1 de novembro o Nápoles às 20:45 locais de 01 de novembro (18:45 em Nápoles), e o Benfica à mesma hora na penúltima jornada, mas que será 17:45 em Lisboa.

A manutenção da hora atual implica também a alteração de todos os jogos dos grupos H, A e L, da última jornada na Liga Europa, tendo em conta que os clubes turcos Konyaspor, Fenerbahçe e Osmanlispor disputam o último jogo em casa.

A situação leva à alteração da hora do último jogo do Sporting de Braga, que recebe a 8 de dezembro os ucranianos do Shakhtar Donetsk às 16:00 (horas de Lisboa), a mesma hora em que se encontram Konyaspor e Gent.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Jovens impedidas de embarcar de leggings

    Mundo

    A moda das calças-elásticas-super-justas volta a fazer estragos. Desta vez nos EUA onde duas adolescentes foram impedidas de embarcar num voo da United Airlines devido à indumentária, que não cumpria com as regras dos tripulantes ou acompanhantes da companhia aérea norte-americana.

    Manuela Vicêncio

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41