sicnot

Perfil

Desporto

Futebolista Serge Aurier já recorreu da sentença a dois meses de prisão

O futebolista costa-marfinense Serge Aurier, condenado a dois meses de prisão efetiva por agredir um polícia, recorreu da sentença, anunciou esta segunda-feira o seu clube, o Paris Saint-Germain.

"O clube tomou conhecimento da sua condenação. Foi apresentado um recurso à saída da audiência, pelo advogado do jogador", indicou o PSG em comunicado, referindo que Aurier "tem direito à presunção inocência até à decisão no Tribunal de Apelo".

A condenação desta segunda-feira não implicou um mandado de detenção, razão pela qual o lateral direito pode jogar pela equipa francesa, nomeadamente na quarta-feira na visita aos búlgaros do Ludogorets, na Liga dos Campeões.

Em maio, o jogador, de 23 anos, envolveu-se num conflito com um polícia, à saída de uma discoteca no centro de Paris.

Os agentes afirmaram que, quando o intercetaram, Aurier recusou-se a parar o carro que conduzia e quando foi obrigado a sair do veículo foi violento, atacando um deles com o cotovelo. O futebolista confirmou que houve um conflito com um dos agentes, mas sustentou que foi atacado em primeiro lugar.

Além da pena de prisão, o Tribunal de Paris condenou ainda o internacional do Costa do Marfim a pagar 600 euros por perdas e danos e 1.500 euros de custas judiciais.

Lusa

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • "Não se pode voltar atrás, o povo de Deus confirmou a necessidade deste Papa"
    3:15
  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.