sicnot

Perfil

Desporto

Clubes portugueses vão receber fundo de solidariedade da UEFA

Cada clube das ligas profissionais de futebol que em 2015/16 não participou nas fases de grupos das competições europeias vai receber 124 mil euros do fundo de solidariedade da UEFA.

Fonte oficial da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) disse hoje à agência Lusa que o valor total remetido à Liga de clubes para distribuir por 33 emblemas ascende a 4,1 milhões de euros.

A verba representa mais de o triplo do valor pago na anterior época (2014/15), com a UEFA a destinar então 1.338,551 euros para os clubes, comparativamente aos 4.119,950 euros de agora, o que significa um acréscimo de 207%.

Este fundo de solidariedade da UEFA, destinado ao investimento na formação dos clubes, é proveniente das receitas das Ligas dos Campeões e Liga Europa, as duas competições de clubes do organismo que gere o futebol europeu.

Entre os clubes que irão receber a verba estão 14 equipas da I Liga -- nas quais não se incluem os 'europeus' Benfica, FC Porto, Sporting e Sporting de Braga -- e 19 equipas da II Liga, com exceção das equipas B.

Nas contas da I Liga de 2015/16 entram Boavista, Tondela, Nacional, Estoril-Praia, Paços de Ferreira, Arouca, Marítimo, Moreirense, Rio Ave, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, União da Madeira e Académica. (Retira o Belenenses).

Da II Liga da época passada irão receber a verba Chaves, Feirense, Académico de Viseu, Atlético, Desportivo das Aves, Oriental, Penafiel, Gil Vicente, Leixões, Portimonense, Santa Clara, Freamunde, Sporting da Covilhã, Farense, Olhanense, Oliveirense, Famalicão, Mafra e Varzim.

Lusa

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.