sicnot

Perfil

Desporto

Legia de Varsóvia - Real Madrid vai ser à porta fechada

© Kacper Pempel / Reuters

O Legia de Varsóvia vai jogar à porta fechada com o Real Madrid, na quarta jornada da Liga dos Campeões em futebol, a 2 de novembro, por decisão da UEFA, devido a incidentes com o público. O clube poloco já anunciou o recurso.

Os polacos, que fazem parte do grupo do Sporting, perderam na terça-feira com os leões em Alvalade (2-0), mas os incidentes ocorreram na primeira jornada, quando foram goleados em casa pelo Borussia Dortmund (6-0).

A UEFA confirmou esta quinta-feira a decisão da sua Comissão de Controlo, Ética e Disciplina em sancionar o clube, depois de aberto um inquérito disciplinar aos factos ocorridos em Varsóvia a 14 de setembro.

Em causa estavam distúrbios do público, utilização de tochas, lançamento de objetos, comportamento racista, organização deficiente e bloqueio de acessos, o que levou à decisão da realização do jogo sem público e ao pagamento de uma multa de 80.000 euros.

Legia de Varsóvia recorre de castigo da UEFA

"Estamos convencidos de que os nossos argumentos serão tidos em consideração. Faremos todos os possíveis para que o encontro com o Real Madrid permita a assistência do público", afirmou em comunicado o clube polaco.

O Legia disse que colaborou com as autoridades locais na identificação dos adeptos radicais e recordou que proibiu a entrada no seu estádio a dezenas de fãs conhecidos pelo seu mau comportamento.

a terceira jornada, a 18 de outubro, o Legia visita o Real Madrid, enquanto o Sporting recebe os alemães do Borussia Dortmund.

O grupo F da Champions é liderado por Real Madrid e Borussia Dortmund, ambos com quatro pontos, seguidos por Sporting, com três, e Legia, sem qualquer ponto.

Com Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.