sicnot

Perfil

Desporto

André Villas-Boas admite que Chelsea foi desafio prematuro

O treinador português de futebol André Villas-Boas admitiu esta terça-feira que o Chelsea foi um desafio prematuro na sua carreira de treinador de futebol, cujo início se ficou a dever a discordâncias com o "ídolo" José Mourinho.

"A experiência no Chelsea foi demais e demasiado cedo. Eu não era flexível como treinador nessa altura. Era comunicativo, mas não era flexível na minha abordagem. No Tottenham aprendi a ser diferente", afirmou o técnico luso, numa conferência em Amesterdão.

O antigo treinador de Académica, FC Porto, Chelsea, Tottenham e Zenit São Petersburgo reconheceu que um técnico deve "viver o dia-a-dia", com o objetivo do "desempenho do grupo".

"Mas todos os jogadores necessitam de uma resposta diferente do treinador, não podes ser igual para todos. No Chelsea o grupo era mais importante e eu fiquei preso aos meus métodos demasiado tempo", admitiu Villas-Boas, que orientou os 'blues' em 2011/12, depois de uma temporada no FC Porto e outra na Académica.

Aos 38 anos, Villas-Boas reconheceu passou os "melhores momentos da vida formativa como treinador" enquanto trabalhou com José Mourinho, no FC Porto, no Chelsea e também no Inter Milão.

"Trabalhar com ele leva-te para outro nível. Apaixonas-te por ele e ele torna-se o teu ídolo. Eu queria ser como ele, saber tudo o que ele sabia e absorver toda a informação que me estava a dar. Então ficas do lado oposto ao do José e as coisas mudam, percebes que foste cegado por alguém. Ele tem a capacidade fascinante de tirar o melhor de ti, que tem boas ou más consequências para as pessoas. A minha foi de que ao argumentar ou discordar com ele comecei a minha carreira de treinador", explicou.

Durante a sua comunicação, Villas-Boas foi ainda questionado sobre as suas experiências anteriores na Liga inglesa, criticando a "pressa" na obtenção de resultados, em particular nos 'spurs'.

"O Daniel Levy é um especialista em despedir treinadores. Mas, na Liga inglesa, não há tempo para projetos a longo prazo", rematou.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.