sicnot

Perfil

Desporto

Gijón condena e defende guarda-redes que insultou jornalista

O Sporting de Gijón condenou esta terça-feira os insultos do seu guarda-redes Iván Cuéllar a um jornalista, embora reconheça ao futebolista o direito de retificar uma notícia quanto ao seu alegado comportamento provocatório a adeptos do Deportivo.

"Condenamos as palavras e a forma como se expressou, mas por outro lado também lhe manifestamos o nosso total apoio quanto ao direito de réplica e retificação que lhe assiste", disse um conselheiro do clube.

Cuéllar insultou violentamente um jornalista por discordar de notícia publicada no meio digital em que trabalha, na Corunha, em que dizia que o futebolista teria provocado os adeptos ao sair do autocarro, quando, afinal, o seu olhar sério visava um adepto que estaria a ter um problema de saúde.

O dirigente lembrou que a reação do guarda-redes "não é o livro de estilo do Gijón" e lamentou os "danos de imagem" que o clube sofreu, revelando que já houve uma conversa com o atleta quanto ao facto.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.