sicnot

Perfil

Desporto

Liga determina minuto de silêncio nos próximos jogos pela morte de Mário Wilson

A Liga Portuguesa de futebol profissional (LPFP) decretou, esta terça-feira, um minuto de silêncio em memória do antigo futebolista e treinador Mário Wilson, nos jogos da I e II Ligas, e Taça da Liga, no período entre 5 e 24 de outubro.

"A Liga Portuguesa de Futebol Profissional vai decretar um minuto de silêncio em todos os jogos a disputar entre 5 e 24 de outubro (...), o qual se destina a homenagear a memória de Mário Wilson, ilustre jogador e treinador do futebol português", refere a LPFP, numa nota publicada na sua página oficial.

A II Liga terá durante este período jogos em atraso, bem como da 11.ª e 12.ª jornadas, enquanto a Liga principal apenas volta a disputar-se, a oitava jornada, entre 22 e 24 de outubro, devido à pausa para seleções e à realização da terceira eliminatória da Taça de Portugal.

Mário Wilson, que morreu na segunda-feira aos 86 anos, foi o primeiro treinador português a vencer o campeonato para o Benfica, em 1975/76, conquistando ainda como técnico as Taças de Portugal de 1979/80 e 1995/96, ao serviço dos encarnados.

Natural de Maputo, em Moçambique, Mário Wilson envergou durante grande parte da sua carreira de jogador a camisola da Académica, depois de ter conquistado o título de campeão no Sporting, em 1950/51, e alinhado no Desportivo de Lourenço Marques.

Como treinador, além das três passagens pelo Benfica, orientou ainda clubes como Académica, Belenenses, Vitória de Guimarães, Boavista e Estoril-Praia, entre outros, totalizando 548 jogos no primeiro escalão do futebol nacional, tendo ainda comandado a seleção portuguesa na qualificação para o Europeu de 1980.

Lusa

  • "A Assembleia tem tudo para correr mal"
    5:09
  • "Até ao dia 23 muitas coisas boas e más vão acontecer"
    2:24
  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30