sicnot

Perfil

Desporto

Suspensão de Sharapova reduzida para 15 meses

© USA Today Sports / Reuters

Maria Sharapova pode voltar a competir a partir de abril de 2017. O Tribunal Arbitral de Desporto reduziu hoje a suspensão da tenista russa, por doping, de dois anos para 15 meses.

A tenista, de 29 anos, acusou positivo o medicamento meldonium, durante o último Open da Austrália, primeiro torneio do Grand Slam da temporada.

O TAS tinha adiado para o início de outubro a decisão sobre o recurso apresentado pela tenista. Uma primeira decisão estava inicialmente agendada para 18 de julho, mas o TAS adiou o veredito para 19 de setembro, data que voltou a ser alterada para que as partes entregassem novos elementos.

Sharapova tinha sido suspensa por dois anos pela Federação Internacional de Ténis (ITF) a 8 de junho, por ter acusado no último Open da Austrália meldonium, que passou a integrar a lista de substâncias dopantes desde 01 de janeiro.

A tenista, medalha de prata nos Jogos Olímpicos Londres2012, ficou impedida de disputar o Rio 2016, tal como todo o atletismo russo, na sequência de uma investigação que revelou a existência de um sistema generalizado de doping, com apoio estatal.

A 7 de março, Sharapova tinha anunciado, em Los Angeles, Estados Unidos, que tinha acusado meldonium, substância de um medicamento que costumava utilizar há algum tempo, admitindo desconhecimento que tinha passado a ser proibido em janeiro.

Com Lusa

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.