sicnot

Perfil

Desporto

Richard Gasquet diz que regresso de Sharapova será duro

O tenista francês Richard Gasquet, campeão do Estoril Open de 2015, disse hoje que o regresso aos 'courts' da russa Maria Sharapova "será duro", depois de cumprir os 15 meses de suspensão por doping.

Gasquet, que cumpriu dois meses e meio de suspensão, em 2009, por ter acusado cocaína, considera que Sharapova enfrentará algumas dificuldades quando voltar à competição.

"Nunca é fácil regressar [aos 'courts'] depois de tanto tempo. Mental e fisicamente, será duro para ela", comentou o atual 17.º do 'ranking' mundial, a disputar neste momento o torneio de Pequim.

O gaulês foi suspenso por apenas dois meses e meio depois de ter alegado junto da Federação Internacional de Ténis (ITF) que a cocaína que acusou num controlo antidoping deveu-se a um beijo numa discoteca a uma mulher que tinha ingerido a substância.

Na terça-feira, o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) reduziu para 15 meses a suspensão aplicada a Sharapova, por ter acusado meldonium num controlo realizado no último Open da Austrália, primeiro 'Grand Slam' da temporada.

Inicialmente, foi aplicada à russa uma suspensão de dois anos, mas o TAS acabou por reduzir a pena para 15 meses, o que permitirá a Sharapova regressar à competição em abril de 2017.

A 07 de março, Sharapova tinha anunciado, em Los Angeles, Estados Unidos, que tinha acusado meldonium, substância de um medicamento que costumava utilizar há algum tempo, admitindo desconhecimento que tinha passado a ser proibido em janeiro.

A tenista defendeu então que tomava 'meldonium' há dez anos, devido a problemas cardíacos e deficiência de magnésio e que desconhecia que o produto tinha passado a constar, a 01 de janeiro, da lista de substâncias proibidas.

Lusa

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21