sicnot

Perfil

Desporto

Malásia desiste da acusação a australianos que se despiram no GP de Fórmula 1

Malásia desiste da acusação a australianos que se despiram no GP de Fórmula 1

A Malásia desistiu da acusação feita aos nove australianos que se despiram no grande prémio de Fórmula 1 da Malásia. Os australianos, incluindo um conselheiro do governo de Camberra, foram hoje libertados depois de admitirem a culpa perante o tribunal malaio e de pedirem desculpa.

A polícia confirma que os australianos estavam a ser investigados por comportamento indecente e provocação. Podiam incorrer numa pena de prisão de mais de 2 anos ou multas avultadas.

Assim, com a acusação retirada, os australianos podem regressar a casa, livres e sem cadastro.

  • Austrália"embaraçada" com comportamento indecente de cidadãos no GP de Fórmula 1
    0:27

    Mundo

    Nove australianos, entre eles um conselheiro do governo de Camberra, foram detidos na Malásia por comportamento indecente e provocação durante as celebrações do Grande Prémio de Fórmula 1. Todos homens, entre os 25 e os 29 anos, celebraram em roupa interior a vitória do compatriota Daniel Ricciardo na periferia da capital malaia, Kuala Lumpur. As fotos e vídeos estão a circular nas redes sociais e chocaram a Malásia, um país muçulmano com leis muitos restritas sobre a exibição pública e indecência. O governo australiano já condenou o comportamento dos jovens e apelou à compreensão das autoridades malaias.

  • Conselheira do Presidente dos EUA descreve Trump como um "homem bom e generoso"
    1:56
  • O que acontece quando se mistura tigres e um drone?
    0:59

    Mundo

    O que acontece quando se mistura tigres da Sibéria com tecnologia moderna? Um vídeo gravado na China apresenta os animais a correrem e a saltarem, tudo para apanhar aquele objeto tão estranho. Quando conseguem meter patas ao drone, o resultado só poderia ser um.