sicnot

Perfil

Desporto

André Silva e João Cancelo estreiam-se a titulares na seleção nacional

Portugal vai defrontar esta noite Andorra com cinco alterações no 'onze' em relação ao desaire na Suíça, na estreia na fase de qualificação para o Mundial de 2018, merecendo destaque as primeiras titularidades de André Silva e João Cancelo.

O jovem avançado do FC Porto, de 20 anos, entra para o lugar que em Basileia foi de Éder, o 'herói' português do Euro2016 - ao marcar o golo da vitória no prolongamento da final com a anfitriã França -, que foi relegado para o banco.

Por seu lado, o lateral direito do Valência, formado pelo Benfica e com 22 anos, entra a substituir Cédric, que perde o lugar devido a lesão, tal como Adrien Silva e Nani, substituídos por André Gomes e Ricardo Quaresma.

De volta ao 'onze', está também o 'capitão' Cristiano Ronaldo, o futebolista como mais jogos (133) e golos (61) pela seleção das 'quinas', que falhou a deslocação à Suíça devido à lesão sofrida na final do Europeu.

Além de Éder, sai do 'onze' por opção do selecionador luso, Fernando Santos, o médio William Carvalho.

Desta forma, Portugal vai alinhar com Rui Patrício na baliza, uma defesa com Cancelo, Pepe, José Fonte e Raphael Guerreiro, um meio-campo com André Gomes, João Moutinho, Ricardo Quaresma e Bernardo Silva e um ataque com André Silva e Cristiano Ronaldo.

O encontro entre Portugal e Andorra, da segunda jornada do Grupo B de apuramento para o Mundial de 2018, realiza-se no Estádio Municipal de Aveiro, a partir das 19:45, com arbitragem do austríaco Oliver Drachta.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.