sicnot

Perfil

Desporto

João Sousa lamenta oportunidades desperdiçadas no torneio de Tóquio

Esta foi a segunda presença do português nos quartos de final de um torneio ATP500, depois de ter caído nesta fase no Rio de Janeiro, em 2014.

KIYOSHI OTA / Lusa

O tenista português João Sousa lamentou esta sexta-feira ter desperdiçado as oportunidades que teve frente ao belga David Goffin, na derrota por 1-6, 7-5 e 6-2 nos quartos de final do torneio de Tóquio.

"Obviamente, estou triste por ter perdido. No primeiro 'set', entrei bem, com muito boa intensidade. Ele, se calhar, não entrou tão bem no encontro e a verdade é que a minha intensidade estava a ser superior à dele, joguei pontos muito bons. Foi um primeiro 'set' de sentido único para mim", analisou o número um nacional em declarações à sua assessoria de imprensa.

De acordo com o 34.º jogador mundial, no segundo 'set', Goffin, 14.º do 'ranking' e quinto cabeça de série do torneio japonês, começou a jogar melhor e equilibrou o encontro dos quartos de final.

"Consegui recuperar de um 'break' de desvantagem e depois tive algumas situações em que poderia ter vencido o encontro. Por duas vezes estive 0-30, não consegui aproveitar. No terceiro set, ele subiu ainda mais o nível e eu não consegui acompanhá-lo tenística e psicologicamente", reconheceu Sousa.

Esta foi a segunda presença do português nos quartos de final de um torneio ATP500, depois de ter caído nesta fase no Rio de Janeiro, em 2014.

Lusa

  • Os números das eleições francesas
    0:50

    Eleições França 2017

    Os resultados definitivos mostram que Emmanuel Macron obteve 24% dos votos, na primeira volta das eleições francesas. Ficou quase três pontos à frente de Marine Le Pen, que conseguiu 21,3%. Os números oficiais, publicados pelo Ministério do Interior, dão ainda conta da taxa de abstenção: 22,2%, um ligeiro aumento face à primeira volta das presidenciais de 2012.

  • ASAE encerra em média um restaurante por dia
    1:33
  • Grupo de brasileiros em assalto milionário no Paraguai
    1:24