sicnot

Perfil

Desporto

Rui Jorge atribui empate com Hungria a "erros defensivos"

O selecionador de futebol de sub-21, Rui Jorge, admitiu esta quinta-feira o empate 3-3 com a Hungria traduz os "erros defensivos" cometidos pela equipa, que na qualificação para o Europeu tinha sofrido apenas um golo em oito jogos.

"Tivemos momentos no jogo em que praticamos bom futebol e criámos boas oportunidades para fazer mais golos. O normal na nossa equipa é marcar bastantes golos. O que não foi normal foi os erros que cometemos em termos defensivos", disse o técnico, em declarações divulgadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Rui Jorge lembrou, a propósito, que Portugal sofreu apenas um golo nos últimos oito jogos e nenhum nos últimos sete jogos.

"A verdade é que hoje não fomos suficientemente fortes e acabámos por sofrer três golos, o que é uma enormidade", acrescentou, admitindo que o resultado do jogo de hoje "não é bom".

"Estávamos à frente do marcador com dois golos de vantagem, nunca deveríamos ter empatado este jogo, não tivemos a qualidade ou a inteligência suficiente para estar a ganhar por 2-0 e ser uma equipa mais segura. Acabámos por sofrer dois golos que não deveríamos ter sofrido e que não costumamos sofrer. E isso depois penalizou-nos", sustentou.

O selecionador nacional de sub-21 adiantou que na próxima partida "mais jogadores irão atuar" e serão introduzidas "algumas alterações".

A seleção portuguesa de futebol de sub-21, já apurada para o Europeu de 2017, empatou hoje 3-3 na Hungria, no seu penúltimo jogo no grupo 4 da fase de qualificação, disputado em Gyor.

Diogo Jota (10 minutos), João Carvalho (13) e Daniel Podence (49) marcaram para Portugal, enquanto Dominik Nagy, de grande penalidade (28), Daniel Prosser (62) e Norbert Balogh (78) fizeram os golos da seleção húngara.

Portugal, que garantiu o apuramento na jornada anterior, lidera o Grupo 4, com 23 pontos, após nove jogos, contra 18 de Israel, segunda classificada.

A fase final do Europeu de 2017 realiza-se na Polónia, de 16 a 30 de junho.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes