sicnot

Perfil

Desporto

Tenista Andy Murray conquista Open da China

O britânico Andy Murray conquistou hoje o Open da China, em Pequim, ao bater na final o búlgaro Grigor Dimitrov, 20.º da hierarquia, aproximando-se assim do líder do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic.

Murray, segundo jogador mundial e primeiro cabeça de série, derrotou Dimitrov em dois 'sets', pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-2), em 1:57 horas, conquistando o 40.º título da carreira, sendo o 16.º a chegar a este registo na 'era Open'.

Pela primeira vez desde 2011, o escocês consegue cinco títulos no mesmo ano, uma vez que, antes de Pequim, já tinha arrebatado o Masters 1000 de Roma, o Aegon Championship, o torneio de Queens e o ouro nos Jogos Olímpicos Rio2016.

No ativo, apenas três jogadores somam mais de 40 títulos ATP, o suíço Roger Federer (88), o espanhol Rafael Nadal (69) e Novak Djokovic (66), jogador do qual Murray dista agora apenas 1.555 pontos no 'ranking' mundial.

Lusa

  • Os apelos de Marcelo para a reforma do Estado
    1:36

    País

    O Presidente da República lamentou este sábado que o consenso para uma reforma do Estado seja um sonho adiado. No enceramento do congresso "Portugal no Futuro", Marcelo Rebelo de Sousa apelou a entendimentos em áreas estratégicas e defendeu que é preciso passar as palavras à ação, o quanto antes.

    Débora Henriques

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Doze meses de polémicas, ameaças e promessas
    3:52