sicnot

Perfil

Desporto

Tenista Andy Murray conquista Open da China

O britânico Andy Murray conquistou hoje o Open da China, em Pequim, ao bater na final o búlgaro Grigor Dimitrov, 20.º da hierarquia, aproximando-se assim do líder do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic.

Murray, segundo jogador mundial e primeiro cabeça de série, derrotou Dimitrov em dois 'sets', pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-2), em 1:57 horas, conquistando o 40.º título da carreira, sendo o 16.º a chegar a este registo na 'era Open'.

Pela primeira vez desde 2011, o escocês consegue cinco títulos no mesmo ano, uma vez que, antes de Pequim, já tinha arrebatado o Masters 1000 de Roma, o Aegon Championship, o torneio de Queens e o ouro nos Jogos Olímpicos Rio2016.

No ativo, apenas três jogadores somam mais de 40 títulos ATP, o suíço Roger Federer (88), o espanhol Rafael Nadal (69) e Novak Djokovic (66), jogador do qual Murray dista agora apenas 1.555 pontos no 'ranking' mundial.

Lusa

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.