sicnot

Perfil

Desporto

Maria Sharapova suspensa por doping participa em torneio de beneficência

A tenista russa Maria Sharapova, a cumprir uma suspensão de 15 meses por doping, regressou na segunda-feira aos 'courts' para participar num torneio de beneficência organizado pela Fundação Elton John de luta contra a Sida.

Ao lado da jovem promessa norte-americana Taylor Johnson, de 16 anos, Sharapova começou por defrontar a dupla formada pelas "reformadas" Martina Navratilova e Liezel Huber, também dos Estados Unidos.

Depois, fez equipa com o também já retirado norte-americano John McEnroe frente ao par constituído por Navratilova e Andy Roddick.

"Foi uma excelente oportunidade para ela [Taylor Johnson] e também para mim. Não estava num 'court' há algum tempo. Foi uma boa oportunidade de divertirmo-nos e dar umas boas gargalhadas", comentou a russa no final do evento.

Sharapova, de 29 anos, acusou positivo o medicamento meldonium durante o último Open da Austrália, primeiro torneio do 'Grand Slam' da temporada, logo no início do ano.

Inicialmente, Sharapova foi suspensa por dois anos pela Federação Internacional de Ténis (ITF), por ter acusado uma substância proibida desde janeiro.

A jogadora recorreu depois para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS), que reduziu o castigo para 15 meses, pelo que Sharapova poderá regressar à competição em abril.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".