sicnot

Perfil

Desporto

Tatyana Lysenko perde ouro conquistado em Londres 2012 por doping

A russa Tatyana Lysenko, campeã olímpica do lançamento de martelo nos Jogos Londres 2012, perdeu a medalha de ouro depois de uma reanálise ter confirmado o uso de substâncias dopantes durante o evento, anunciou esta terça-feira o Comité Olímpico Internacional (COI).

A Comissão de Disciplina do organismo, composto neste caso por Denis Oswald (presidente), Juan António Samaranch e Ugur Erdener, concluiu que Lysenko violou as normativas antidopagens dos JO há quatro anos e avançou para a sua desqualificação, que entra em vigor de forma imediata.

A atleta russa, cuja análise acusou a presença de um esteroide anabolisante, terá que devolver "imediatamente" a medalha de ouro, o diploma olímpico e o pin obtido como vencedora do lançamento do martelo.

O COI também exige que o Comité Olímpico Russo garanta o "cumprimento total" da decisão.

Lusa

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.