sicnot

Perfil

Desporto

Pugilista Tyson Fury suspenso pela Comissão de Controlo de Boxe Britânica

© Reuters

O campeão mundial de pesos pesados Tyson Fury foi suspenso pela Comissão de Controlo de Boxe Britânica (BBBofC), após ter admitido na quarta-feira que consumia drogas ilegais, anunciou hoje aquele órgão.

A decisão foi tomada após o pugilista britânico ter admitido que consumiu cocaína para lidar com uma depressão.

Na quarta-feira, Tyson Fury anunciou que desistiu de defender os títulos de campeão do mundo de pesos pesados "com efeito imediato" para se concentrar no seu "tratamento médico e recuperação".

Na semana passada, o pugilista britânico, atual detentor dos títulos mundias do Conselho Mundial de Boxe (WBO), e da Associação Mundial de Boxe (WBA), admitiu que consumiu "muita cocaína" ao longo da vida.

Fury, de 28 anos, nunca sofreu qualquer derrota e tinha um combate agendado para 29 de outubro, no qual iria defender os títulos frente ao cazaque Wladimir Klitschko, antigo campeão, mas que já tinha sido cancelado pelo britânico por não estar em condições médicas para competir.

No final de setembro, a comunicação social norte-americana noticiou que Tyson Fury acusou cocaína num controlo realizado no dia 22 daquele mês e que iria perder os títulos WBA e WBO devido a consumo de uma substância proíbida.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51