sicnot

Perfil

Desporto

TAS suspende cinco marchadores russos por quatro anos

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) anunciou esta quinta-feira a suspensão por quatro anos de cinco marchadores russos, todos com resultados positivos por recurso a EPO numa prova disputada em junho de 2015.

Elmira Alembekova, Vera Sokolova, Ivan Noskov, Mikhail Ryzhov e Denis Strelkov foram considerados culpados de violação das regras antidopagem da Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF).

A sanção determina ainda a anulação de todos os resultados alcançados pelos atletas entre 02 de junho e 15 de julho de 2015 e a devolução de todos os prémios e títulos que lhes foram atribuídos.

O TAS atuou em substituição da Federação Russa de Atletismo (ARAF), em virtude de a ARAF estar suspensa pela IAAF, por incumprimentos em matéria de dopagem.

A Rússia foi afastada das competições de atletismo dos Jogos Olímpicos Rio2016 após um escândalo de doping generalizado no país, com suspeita de ter sido promovido pelas autoridades de Moscovo.

Apenas uma atleta russa, Darya Klishina, foi autorizada a participar nos Jogos Rio2016 e, mesmo assim, só depois de um recurso apresentado pela atleta junto do TAS.

Lusa

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.