sicnot

Perfil

Desporto

Ched Evans absolvido do crime de violação

© Reuters Staff / Reuters

O futebolista internacional galês Ched Evans foi considerado esta sexta-feira inocente do crime de violação por um tribunal de Cardiff, na sequência da repetição de um primeiro julgamento, no qual foi condenado a cinco anos de prisão.

O júri, que esteve reunido durante três horas, pronunciou-se pela absolvição de Evans, depois de o Tribunal de Recurso de Londres ter anulado em abril a condenação inicial de cinco anos de prisão pela violação de uma mulher de 19 anos.

O avançado do Chesterfield, equipa que alinha no terceiro escalão do futebol inglês, de 27 anos, foi libertado em outubro de 2014, depois de ter cumprido metade da pena a que foi condenado, pela violação de uma mulher em maio de 2011, num hotel em Rhyl (norte do País de Gales).

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.