sicnot

Perfil

Desporto

Manchester City tropeça em casa e é apanhado pelo Arsenal na liderança

© Reuters Staff / Reuters

O Arsenal apanhou este sábado o Manchester City no topo da Liga inglesa de futebol, ao vencer o Swansea por sofrido 3-2 e beneficiar do empate 1-1 concedido na receção ao Everton pelos citizens, que falharam duas grandes penalidades.

O avançado Theo Walcott deixou o encontro da oitava jornada da prova bem encaminhado para os londrinos, ao bisar aos 26 e 33 minutos, mas o penúltimo classificado empatou ainda antes do intervalo, aos 38, com um golo do médio islandês Gylfi Sigurdsson.

O médio alemão Mesut Özil repôs aos 57 minutos a vantagem de dois tentos para os anfitriões, que, no entanto, acabaram a partida em sérias dificuldades, na sequência do golo do espanhol Borja Baston, aos 66, e da expulsão do suíço Granit Xhaka, aos 70.

Ainda assim, os gunners seguraram a magra vantagem e igualaram o City no primeiro lugar, depois de a equipa de Manchester ter empatado 1-1 com o Everton, muito por culpa do guarda-redes holandês Maarten Stekelenburg, que defendeu os penáltis marcados pelo belga Kevin De Bruyne, aos 43 minutos, e o argentino Sergio Aguero, aos 70.

O espanhol Nolito, antigo jogador do Benfica, foi o único que conseguiu encontrar a fórmula para bater Stekelenburg, aos 72, um minuto depois de ter entrado para o lugar do alemão Sané, mas o golo do avançado foi insuficiente para evitar a perda dos primeiros pontos em casa, uma vez que o belga Romelu Lukaku já tinha colocado o Everton na frente, aos 64.

O Tottenham não só desaproveitou a possibilidade de se isolar no comando, como caiu para o terceiro lugar, a um ponto do duo de líderes, ao empatar 1-1 no estádio do West Bromwich, graças a um golo tardio de Dele Alli, aos 89 minutos, pouco depois de Nacer Chadli ter inaugurado o marcador, aos 82.

O Leicester, campeão em exercício e adversário do FC Porto na Liga dos Campeões, perdeu na abertura da ronda por contundente 3-0 com o Chelsea, que beneficiou do acerto dos seus avançados, o espanhol Diego Costa e o belga Eden Hazard, autores dos primeiros dois golos, aos sete e 33 minutos.

Os anfitriões, que fecharam a contagem aos 80 minutos, por intermédio do avançado nigeriano Victor Moses, subiram ao quinto lugar da prova, em igualdade com o Liverpool, que tem menos um jogo realizado, ambos a três pontos do Manchester City e do Arsenal.

O Leicester, que no último encontro do Grupo G da Liga dos Campeões venceu em casa o FC Porto por 1-0, caiu para o 13.º lugar, mas pode ainda ser ultrapassado por mais equipas quando se concluir a oitava ronda de uma prova que conquistou de forma sensacional há apenas alguns meses.

O Bournemouth obteve o resultado mais desnivelado da jornada até ao momento, ao golear o Hull City por 6-1, enquanto o Stoke City venceu em casa o lanterna-vermelha Sunderland por 2-0, com um 'bis' de Joe Allen.

Lusa

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, fez 100 dias este sábado. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52