sicnot

Perfil

Desporto

Nápoles perde em casa com a Roma e desce ao terceiro lugar da liga italiana

© Max Rossi / Reuters

O Nápoles, adversário do Benfica no grupo B da Liga dos Campeões de futebol, foi derrotado este sábado em casa pela Roma, por 3-1, em jogo da oitava jornada da liga italiana.

Dois golos do bósnio Edin Dzeko, aos 43 e 54 minutos, colocaram a formação romana a vencer por 2-0, tendo o senegalês Kalidou Koulibaly reduzido para 2-1 aos 58 minutos.

O resultado final, que permite à equipa de Roma ascender à segunda posição da liga italiana - por troca com o Nápoles - foi apontado aos 86 minutos pelo egípcio Mohamed Salah.

O Nápoles, que lidera o grupo B da Liga dos Campeões, depois de se ter imposto ao Dinamo Kiev (2-1) e ao Benfica (4-2), ocupa a terceira posição da liga italiana, com 14 pontos.

O calcio é liderado pela Juventus, pentacampeã, que soma 18 pontos, mais dois que a Roma, e que ainda defronta este sábado a Udinese.

Lusa

  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.