sicnot

Perfil

Desporto

Nápoles perde em casa com a Roma e desce ao terceiro lugar da liga italiana

© Max Rossi / Reuters

O Nápoles, adversário do Benfica no grupo B da Liga dos Campeões de futebol, foi derrotado este sábado em casa pela Roma, por 3-1, em jogo da oitava jornada da liga italiana.

Dois golos do bósnio Edin Dzeko, aos 43 e 54 minutos, colocaram a formação romana a vencer por 2-0, tendo o senegalês Kalidou Koulibaly reduzido para 2-1 aos 58 minutos.

O resultado final, que permite à equipa de Roma ascender à segunda posição da liga italiana - por troca com o Nápoles - foi apontado aos 86 minutos pelo egípcio Mohamed Salah.

O Nápoles, que lidera o grupo B da Liga dos Campeões, depois de se ter imposto ao Dinamo Kiev (2-1) e ao Benfica (4-2), ocupa a terceira posição da liga italiana, com 14 pontos.

O calcio é liderado pela Juventus, pentacampeã, que soma 18 pontos, mais dois que a Roma, e que ainda defronta este sábado a Udinese.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.