sicnot

Perfil

Desporto

UEFA quer compensar ligas mais pequenas com a reforma na Liga dos Campeões

O novo presidente da UEFA, o esloveno Aleksander Ceferin, garantiu que uma reforma da Liga dos Campeões de futebol que favoreça os grandes clubes será acompanhada com uma ajuda financeira às ligas de pequena e média dimensão.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Em entrevista ao diário esloveno Dvenik, publicada este sábado, Ceferin garantiu que os responsáveis da UEFA "farão certamente alguma coisa para ajudar financeiramente as ligas de pequena e média dimensão, talvez por intermédio de mais recursos financeiros".

No entanto, Ceferin, eleito em setembro, reiterou que nada ainda está definido sobre os novos moldes da Champions, que apontam para quatro vagas diretas na fase de grupos para Espanha, Inglaterra, Alemanha e Itália entre 2018 e 2021.

O projeto motivou acesas críticas da Associação das Ligas Europeias de Futebol Profissional (EPFL), que ameaçou entrar em rota de colisão com a UEFA caso avancem as alterações.

Apresentando-se como um "homem de diálogo", Ceferin pediu para não se tirarem "conclusões precipitadas", lembrando que já se encontrou com o presidente da EPFL, Lars-Christer Olsson.

"Ele viu que o diálogo tinha começado e que as coisas seriam tratadas de forma diferente", disse Ceferin, esperançado que possa convencer todos os representantes das pequenas e médias ligas.

Lusa

  • "De hoje em diante, só a América virá em primeiro lugar"
    3:20
  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39

    Mundo

    As primeiras decisões da era Trump não tardaram. O 45.º Presidente dos Estados Unidos da América já avançou com algumas medidas, entre elas, a confirmação dos nomes que vão compor a nova administração e a criação do Dia do Patriotismo.

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.