sicnot

Perfil

Desporto

Filha do velocista norte-americano Tyson Gay morta a tiro

© David Gray / Reuters

A filha do velocista norte-americano Tyson Gay foi morta a tiro na noite de sábado para domingo, em Lexington, nos Estados Unidos, com a idade de 15 anos, anunciou este domingo a Policia local.

Trinity Gay considerada como uma das grandes esperanças do atletismo norte-americano, tal como o seu pai na especialidade de velocidade, morreu na sequência de ferimentos de bala.

A federação norte-americana de atletismo apresentou as suas condolências a Tyson Gay e à família, via rede social Twitter, lamentando a "trágica e incompreensível" morte de Trinity Gay.

"No domingo, por volta de 04:00 horas, a polícia foi até o estacionamento do restaurante Cook Out, onde os tiros foram disparados", refere em comunicado as autoridades de Lexington, no Kentucky.

De acordo com o mesmo comunicado, testemunhas disseram que os tiros foram trocados entre dois veículos, um Dodge Charger cinza e um carro desportivo escuro com vidros fumados.

"Uma adolescente foi apanhada nesta troca de tiros e após ter sido transportada num carro particular para um hospital, de onde foi então transferida para a Universidade de Kentucky Hospital, viria a morrer", acrescenta a nota policial.

A vítima foi identificada como Trinity Gay, de 15 anos de idade, residente em Lexington e filha de Tyson Gay, de 34 anos, o segundo homem mais rápido da história dos 100 metros, atrás do jamaicano Usain Bolt, com o tempo de 9,69 segundos.

As armas de fogo são responsáveis por mais de 30 mil mortes por ano nos Estados Unidos da América, incluindo 20 mil suicídios.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.