sicnot

Perfil

Desporto

Jogador do Bétis esperou 20 minutos junto ao balneário só para conhecer Ronaldo

DR

O jovem jogador do Bétis de Sevilha, Charly Musonda Jr., esperou no último sábado cerca de 20 minutos à saída do balneário para conhecer Cristiano Ronaldo, depois do jogo entre a equipa andaluz e o Real Madrid, que os merengues venceram por 6-1.

Como é hábito, o internacional português foi o mais assediado pelos adeptos à saída do estádio Benito Villamarín, no caminho até ao autocarro da equipa da capital espanhola.

Ronaldo tentou aceder aos pedidos de todos os adeptos mas talvez não contasse com a abordagem do jovem avançado belga, de 20 anos, que está emprestado pelos ingleses do Chelsea.

Segundo a imprensa espanhola, Musonda esperou cerca de 20 minutos só para conhecer o avançado do Real Madrid, que, como é hábito, retribuiu com simpatia. Houve ainda tempo para uma curta troca de palavras e um registo fotográfico do momento, para a posterioridade.

Charly Musonda veste a camisola 7 no Bétis, tal como Ronaldo no Real, e admitiu que o internacional português é o seu maior ídolo.

  • Primatóloga Jane Goodall na Cimeira National Geographic em Lisboa
    3:00

    País

    Qual o futuro do planeta? O desperdício alimentar. A relação do homem com os animais. São estes alguns dos temas da cimeira da National Geographic que decorre entre hoje e amanhã em Lisboa. Entre os oradores está Jane Goodall, a primeira cientistas a estudar chimpanzés selvagens.

  • Marcelo na peregrinação de Nossa Senhora de Fátima no Luxemburgo

    Mundo

    O Presidente da República participou esta quinta-feira, a título privado, na peregrinação em honra de Nossa Senhora de Fátima, na cidade luxemburguesa de Wiltz. Milhares de portugueses receberam Marcelo Rebelo de Sousa, que assistiu à missa e, durante alguns minutos, participou na procissão.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.