sicnot

Perfil

Desporto

John John pode ser campeão se vencer em Peniche e Medina ficar pelos quartos

A ministra do Mar e o presidente da Câmara Municipal de Peniche, com o surfista havaiano John John Florence, na apresentação do MEO Rip Curl Pro Portugal.

© Lusa

O havaiano John John Florence pode sagrar-se pela primeira vez campeão do mundo de surf em Peniche, se vencer a etapa portuguesa do circuito e o brasileiro Gabriel Medina ficar pelos quartos de final.

John John Florence chega à 10.ª e penúltima etapa, a disputar entre terça-feira e 29 de outubro, com 2.700 pontos de vantagem sobre o campeão do mundo de 2014, atual segundo na hierarquia, podendo assegurar o título nas ondas lusas mediante algumas hipóteses, apresentadas hoje pela Liga Mundial de Surf (WSL).

A possibilidade mais direta é que John John, vencedor do Oi Rio Pro, no Rio de Janeiro, e adversário do wild-card português Miguel Blanco e do brasileiro Jadson André na primeira ronda, vença o Meo Rip Curl Pro Portugal e Medina não consiga melhor do que o nono lugar, correspondendo a uma eliminação nos quartos de final ou antes.

O havaiano pode ainda chegar ao título se for finalista em Peniche, Medina, adversário do luso Frederico Morais e do norte-americano Conner Coffin, não passe a terceira ronda, o australiano Matt Wilkinson não chegue às meias-finais e o sul-africano Jordy Smith à final.

Apesar destes cenários, uma eventual a eliminação precoce dos dois primeiros do ranking poderá manter na corrida, além de John John, Medina, Wilkinson e Smith, com possibilidades mais ou menos remotas, também os norte-americanos Kolohe Andino e Kelly Slater, o australiano Julian Wilson e os brasileiros Filipe Toledo Adriano de Souza.

Lusa

  • Casal detido por torturar os 13 filhos em casa nos EUA

    Mundo

    Treze irmãos e irmãs foram encontrados presos em casa, alguns acorrentados, esfomeados e sujos, numa pequena localidade no estado norte-americano da Califórnia, e os pais foram detidos por tortura, anunciou a polícia norte-americana.

  • Morreu a cantora Madalena Iglésias

    Cultura

    A cantora Madalena Iglésias, que venceu o Festival da Canção em 1966 com a música "Ele e Ela", morreu hoje aos 78 anos numa clínica em Barcelona, Espanha. O velório realiza-se hoje, a partir das 18:00 locais (17:00 em Portugal), na sala 18 do Tanatório de Collserola, em Barcelona.

  • U2 regressam a Portugal em setembro

    Cultura

    16 de setembro, Altice Arena em Lisboa. A nova digressão da banda irlandesa U2 tem passagem garantida por Portugal. Os bilhetes são postos à venda ainda em janeiro, com condições especiais para membros do clube de fãs e os primeiros que compraram o mais recente álbum do grupo.

    Ricardo Rosa

  • "O grupo parlamentar do PSD vai ser um instrumento de força para ajudar Rui Rio"
    16:00