sicnot

Perfil

Desporto

Mourinho elogia jogadores por terem "silenciado" Anfield Road

Apesar do empate, Mourinho preferiu enaltecer a performance da sua equipa, ao impedir o sexto triunfo consecutivo do conjunto orientado pelo alemão Jurgen Klopp.

© Reuters Staff / Reuters

O treinador português José Mourinho elogiou esta segunda-feira os seus futebolistas por terem conseguido "silenciar" o estádio de Anfield Road, no empate 0-0 entre Liverpool e Manchester United, da oitava jornada da liga inglesa.

O Manchester United venceu apenas um dos seus últimos cinco jogos da liga e permanece no sétimo posto da prova, a três pontos do Liverpool, quarto, e a cinco do comandante Manchester City.

Apesar do empate, Mourinho preferiu enaltecer a performance da sua equipa, ao impedir o sexto triunfo consecutivo do conjunto orientado pelo alemão Jurgen Klopp.

"Controlámos o jogo, não apenas taticamente, mas também a emoção do jogo. Este foi, provavelmente, o mais sossegado 'Anfield' em que estive e esperava o contrário. Pensom que foi uma exibição positiva", afirmou Mourinho no final da partida.

O técnico luso, que em Inglaterra se evidenciou a orientar em duas ocasiões o Chelsea, preferiu realçar as reações do público de Liverpool: "A reação do seu público foi permanentemente de desapontamento. As pessoas esperavam que chegássemos e nos víssemos em problemas, o que não sucedeu."

"Se analisarem o jogo, verão porque razão o fizemos, ao fazer alinhar o (Ashley) Young e o (Marouane) Fellaini. Controlámos o jogo. Houve duas grandes defesas do DAvid de Gea, é verdade, mas foram fora de contexto", afirmou.

Do outro lado, Klopp reconheceu que na sua equipa não jogou tão bem como o tem feito.

"Não jogámos tão bem como nos últimos jogos. Começámos bem, mas com a defesa deles deixámos de ser valentes. Não esperámos pelo passe certo. Eles não criaram oportunidades, talves duas na segunda parte, o de Gea fez duas ou três grandes defesas, mas, no fim, a nossa exibição não foi a que deveria ter sido", concluiu o técnico alemão.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.