sicnot

Perfil

Desporto

Tricampeão mundial de Moto GP diz que ainda "tem muito pela frente"

O espanhol venceu no domingo o Grande Prémio do Japão, numa corrida marcada pelas quedas do italiano Valentino Rossi e do espanhol Jorge Lorenzo.

© KYODO Kyodo / Reuters

O piloto espanhol Marc Márquez, que se sagrou campeão do mundo de MotoGP no domingo, no Japão, afirmou esta segunda-feira que ainda é jovem e que "tem muito pela frente".

"Estou a aprender, ainda tenho muito pela frente. Todos somos humanos e podemos tropeçar numa pedra, mas, ano após ano, nota-se a experiência, não só dentro da pista, mas também fora, disse o campeão mundial de motociclismo, de 23 anos, que ainda se vê "como um jovem".

Márquez, detentor de três títulos mundiais de MotoGP, afirmou que não foi fácil ganhar os três cetros, em quatro anos, acrescentando que o importante "é ser consistente e estar sempre nos três primeiros".

"Quando cometes um erro no princípio e ainda tens muito pela frente, isso obriga-te a arriscar mais. Mas, graças a ajuda de toda a equipa, é verdade que eu aprendi muito no ano passado", acrescentou o piloto da Honda.

Para o espanhol, a pressão "cria inseguranças, momentos de dúvidas e tensão" e "é algo que desgasta tanto a nível mental como fisicamente".

Marc Márquez confessou que "foi uma temporada muito dura", em que não se imaginava campeão, mas "quando um piloto impõe um ritmo e pressiona, faz com que os outros falhem".

O espanhol venceu no domingo o Grande Prémio do Japão, numa corrida marcada pelas quedas do italiano Valentino Rossi e do espanhol Jorge Lorenzo.

O piloto da Honda conquistou, assim, o seu quinto título mundial, depois dos trofeus erguidos em 2013 e 2014, também em Moto GP, em 2012, em Moto2, e em 2010, em 125cc.

Lusa

  • Marc Márquez revalida título de campeão mundial de Moto GP

    Desporto

    Marc Marquez revalidou o título de campeão mundial de Moto GP, apesar de ter teminado o Grande Prémio do Japão na segunda possição. Quando faltam três corridas para o final da temporada, o piloto espanhol da Honda já leva 82 pontos de avanço sobre Valentino Rossi e Dani Pedrosa, que estão empatados na segunda posição. O piloto de 21 anos é o mais jovem de sempre a conseguir dois títulos consecutivos na categoria. A corrida foi ganha por Jorge Lorenzo da Yamaha mas quem festejou mais foi Marquez.

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes