sicnot

Perfil

Desporto

Zidane repudia considerações de Hollande sobre Benzema

Michael Sohn

O treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane, repudiou esta segunda-feira as considerações do presidente francês, François Hollande, contra Karim Benzema, que acusou o futebolista de "falta de moral".

"Todas as coisas que se escrevem sobre um jogador incomodam-me. As palavras de Hollande são descabidas. Podem criticar o teu trabalho, mas não dizer coisas estranhas. Não compactuo com palavras de algumas pessoas", referiu Zidane, em conferência de imprensa.

Num livro publicado na semana passada, que resulta de uma série de entrevistas com dois jornalistas, Hollande acusa Benzema de falta de moralidade.

"Benzema não é um exemplo de moralidade", escreveu o presidente francês, no livro.

O Real Madrid, atual campeão europeu, prepara a receção ao Légia de Versóvia, terça-feira, em jogo da terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Os madrilenos lideram o grupo F, com quatro pontos, mais um que o Sporting, terceiro classificado.

Lusa

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Temperaturas negativas em várias zonas do país nos próximos dias
    1:57

    País

    O frio vai começar a fazer-se sentir nos próximos dias com as temperaturas a descerem para valores negativos em várias zonas do país. Em Lisboa, cinco estações de metro vão estar abertas durante a noite para albergar os sem-abrigo que também vão receber agasalhos e refeições quentes.

  • Medalha idêntica à de Anne Frank encontrada em campo nazi

    Mundo

    Um grupo de investigadores encontrou uma medalha praticamente igual à de Anne Frank, nas escavações ao campo nazi de extermínio Sobibor, na Polónia. Os especialistas do Memorial do Holocausto Yad Vashem em Israel acreditam que a medalha pertencia a Karoline Cohn, que pode ter conhecido Anne Frank.