sicnot

Perfil

Desporto

Blanco gostava de mudar de adversário na repescagem

LUSA

O wild-card português Miguel Blanco ficou hoje satisfeito com a sua estreia no circuito mundial de surf, apesar de ter sido relegado pelo brasileiro Jadson André para a repescagem, na qual vai reencontrar o havaiano John John Florence.

"Foi um bom arranque. Infelizmente, não consegui passar a bateria, não fiquei em primeiro, mas acho que foi positivo, uma boa estreia, porque fiz o meu surf, boas pontuações. Faltou pouco e agora tenho de descansar e preparar a segunda ronda", afirmou o surfista luso, que foi batido por Jadson André, tal como o líder do ranking mundial.

André venceu o sexto heat do Meo Rip Curl Pro Portugal, com 13,20 pontos (6,67 e 6,53), contra 11, 17 (6,10 e 5,07) de Miguel Blanco e os 9,94 (4,67 e 5,27) de John John Florence, que vão reencontrar-se na repescagem.

"Era divertido surfar com outra pessoa, já surfei com este no primeiro heat, mas é quem for, não interessa, vou apenas focar-me no meu surf e espero que estejam altos tubos", frisou Blanco.

Além de Jadson André, estão também já qualificados para a terceira ronda o português Frederico Morais, o australiano Kai Otton, vencedor em Peniche em 2013, o norte-americano Kolohe Andino e os brasileiros Miguel Pupo e Wiggolly Dantas.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal começou hoje e termina a 29 de outubro.

Lusa

  • "Os outros animais não vivem no mundo moral como nós"
    3:51

    País

    A presidente da associação ANIMAL, Rita Silva, tem a seu cargo o cão que, em 2013, ficou conhecido por ter estado envolvido na morte duma criança de 18 meses, em Beja. Segundo a ativista, vão continuar a acontecer episódios trágicos se a fiscalização não for reforçada e se os próprios donos não tiverem consciência da responsabilidade que implica ter um animal.

  • "Tanolas" tem cadastro criminal e já foi condenado a pena suspensa
    0:55