sicnot

Perfil

Desporto

Chris Froome surpreendido com suspeitas de doping sobre Bradley Wiggins

© Reuters

O ciclista inglês Chris Froome confessou hoje ter ficado "surpreendido" com as suspeitas de doping sobre o antigo colega de equipa Bradley Wiggins, garantindo não saber se o seu compatriota competiu de forma irregular.

Bradley Wiggins foi autorizado pela União Ciclista Internacional (UCI) a inalar triamciolona, uma poderosa substância terapêutica, sob aprovação da Agência Britânica de Antidopagem (UKAD), dias antes das edições de 2011 e 2012, que venceu, do Tour de França, assim como no Giro d'Itália, em 2013.

Após o caso ter vindo a público através de um ataque informático por um grupo de hackers à base de dados da Agência Mundial de Antidopagem (AMA), o ciclista, de 36 anos, argumentou que necessitava da substância para ajudá-lo "a controlar um problema de asma".

Questionado pelo site britânico CyclingNews, Chris Froome afirmou ter sido a "primeira vez" que ouviu falar desse caso.

"Sem saber exatamente os detalhes da sua condição médica, é impossível dizer se ele atuou numa situação destas", disse o ciclista da Team Sky.

Este mês, o jornal britânico Daily Mail referia a intenção da UKAD em interrogar o campeão olímpico e o diretor da Federação Britânica de Ciclismo (BC) até abril de 2014, Dave Brailsford.

Em resposta, ambos alegaram que "nada foi feito de forma errada" e que as substâncias tomadas "foram aprovadas" pela UCI.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC