sicnot

Perfil

Desporto

Nadal acredita que ele e Federer ainda têm muitos anos de ténis pela frente

© Aly Song / Reuters

O tenista espanhol Rafael Nadal defendeu esta quarta-feira que ele e o seu arquirrival suíço Roger Federer ainda vão competir ao mais alto nível durante muitos anos.

"O Roger e eu não esquecemos como se joga ténis e estamos a trabalhar para voltar a competir ao mais alto nível", frisou o espanhol, na apresentação da sua academia de ténis que contou com a presença do suíço.

Rafael Nadal e Roger Federer, dois dos mais bem-sucedidos tenistas da história, têm-se debatido com problemas físicos, ocupando neste momento o sexto e oitavo lugares do 'ranking', respetivamente.

Enquanto o suíço, a recuperar de uma lesão no joelho esquerdo, já anunciou que só voltará aos 'courts' em 2017, o espanhol assumiu que ainda não tomou uma decisão sobre se jogará ou não mais algum torneio esta temporada, nomeadamente as ATP Tour Finals.

"Às vezes, continuar a jogar não é a solução. Às vezes, a solução é parar e reformular o plano de treinos", acrescentou.

O tenista maiorquino, de 30 anos, apresentou hoje a nova academia em Manacor, a sua terra natal, composta por 26 'courts' de terra batida, um centro fitness, duas piscinas e dez campos de padel.

"Estamos muito entusiasmados por ter criado algo especial em Manacor, é um sonho tornado realidade", assumiu.

Protagonistas de uma das maiores rivalidades desportivas da última década, Nadal, vencedor de 14 torneios de 'Grand Slam', e Federer, recordista de títulos em 'majors' (17), mostraram hoje a boa relação que os une, trocando elogios.

"Se não tivesse tido Roger como adversário durante a minha carreira, provavelmente teria ganhado mais torneios e teria sido número um mais tempo", respondeu o espanhol quando questionado sobre o impacto que o helvético teve na sua trajetória profissional.

Já Federer, que fez questão de estar na inauguração da academia do seu 'rival', sublinhou que sempre houve um grande respeito entre ambos.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31