sicnot

Perfil

Desporto

Antigo secretário-geral da FIFA envolvido na investigação ao Mundial2006

(Arquivo)

© SIPHIWE SIBEKO / Reuters

As autoridades suíças fizeram várias buscas e juntaram o ex-secretário-geral da FIFA, Urs Linsi, à lista de suspeitos no processo que investiga a atribuição do Mundial de futebol à Alemanha, em 2006.

A investigação que decorre há um ano visa quatro elementos que integravam o comité organizador do Mundial, e particularmente Franz Beckenbauer, à altura presidente do comité, por suspeita de lavagem de dinheiro.

Aos envolvidos junta-se agora o número um da FIFA à altura, e que ocupa atualmente um cargo num banco de Zurique.

O inquérito tem como origem o pagamento de 6,7 milhões de euros, em abril de 2015, pela Federação Alemã de Futebol ao então patrão da Adidas, parceira da FIFA.

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.