sicnot

Perfil

Desporto

Bruno Alves revela que Ronaldo o "animou" a assinar pelo Cagliari

© Reuters Staff / Reuters

O futebolista português Bruno Alves revelou que foi Cristiano Ronaldo que o incentivou a assinar pelo Cagliari, justificando que é uma região "maravilhosa" e não só para ir de férias.

"Foi o Cristiano Ronaldo que me animou a vir para a Sardenha, é uma ilha maravilhosa, não só para férias. Falei muito com ele. Aceitei com entusiasmo e não estou aqui só para me divertir", contou Bruno Alves à La Gazzetta dello Spor.

O defesa central, de 35 anos, assinou esta temporada pelo clube italiano, após três épocas ao serviço dos turcos do Fenerbahçe.

O jogador, que durante muito tempo foi um dos símbolos do FC Porto, do qual saiu para o Zenit, em 2010, considerou que não existem adjetivos para definir Cristiano Ronaldo e apontou Pepe como o melhor defesa da Europa.

"Não há adjetivos para o definir. Basta-me recordar o incrível golo que marcou quando eu jogava no FC Porto e ele no Manchester United. Rematou a 40 metros", explicou o central, em alusão ao jogo da 'Champions' entre 'dragões' e 'red devils', em 2009, que os ingleses venceram por 1-0.

Bruno Alves contestou ainda a ideia de ser um defesa central lento e argumentou que não se pode ter tudo, caso contrário seria jogador do Real Madrid: "tenho as minhas técnicas, estudo o adversário e prevejo os seus movimentos".

O defesa central, que já passou pelas ligas portuguesa, russa, turca e grega, considera a Série A muito difícil e competitiva, de alto nível.

Lusa

  • Bruno Alves acredita que Ronaldo e Fernando Santos vão vencer prémios da FIFA
    1:07

    Desporto

    Bruno Alves defendeu hoje que não há concorrência entre Cristiano Ronaldo e Lionel Messi na luta pelo prémio de melhor futebolista do ano da FIFA, recordando a excelente época do português, na temporada passada. Sobre Fernando Santos, nomeado para melhor treinador do ano, o defesa central considerou que o técnico, que levou Portugal à conquista de um Europeu, também merece vencer o galardão.

  • E agora?
    15:07

    Reportagem Especial

    Há uma semana, Portugal voltou a ser palco de uma tragédia que matou pelo menos 44 pessoas e deixou cerca de 70 feridas. Os incêndios destruíram mais de 800 casas, dezenas de empresas e explorações agropecuárias, mataram milhares de animais e consumiram uma gigantesca área de floresta. A reportagem da SIC andou pelo concelho de Tondela, onde três pessoas morreram e o levantamento de prejuízos ainda não está fechado.

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • "Não compreendi absolutamente nada a substituição do Casillas"
    1:58
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    Os guarda-redes de FC Porto e Benfica estão neste momento em destaque depois de José Sá ter assumido a baliza dos dragões em detrimento de Iker Casillas. Nas águias, Svilar repetiu a titularidade frente ao Desportivo das Aves. Os comentadores do programa Play-Off Rodolfo Rei, Rui Santos, João Alves e Manuel Fernandes analisaram as duas situações.

  • Famílias afetadas pelos fogos começam a receber bens de primeira necessidade
    2:30
  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quem são os lesados do BES?
    4:52