sicnot

Perfil

Desporto

Mais de mil adeptos do FC Porto em sessão de autógrafos com Casillas e André Silva

SIC

Mais de mil adeptos do FC Porto fizeram fila, esta quinta-feira, à porta da loja do Dragão, para conseguirem um autógrafo de Iker Casillas e de André Silva, apesar do mau momento que o clube atravessa, com cinco empates consecutivos.

O guarda-redes espanhol e o avançado português dos dragões estiveram frente a frente com os adeptos, que, além de autógrafos, não perderam a oportunidade de tirar fotografias com os dois jogadores.

Esta manhã, Casillas e André Silva treinaram com o restante plantel, que continua a preparar o jogo deste sábado à noite, com o Sporting de Braga, para o campeonato.

Na 4ª feira, os dragões defrontam o Leicester, na última jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões.

  • FC Porto não marca um golo há 430 minutos
    2:32

    Desporto

    O FC Porto não marca um golo há 430 minutos. Mais de sete horas de futebol, sem a equipa conseguir pôr a bola no fundo da baliza adversária. O antigo treinador adjunto do clube Rui Quinta que a equipa vai ultrapassar esta série de maus resultados, ainda a tempo de conquistar títulos esta temporada. Já o antigo jogador Rodolfo Reis critica a atitude que os dragões têm demonstrado em campo.

  • Layún regressa aos treinos do FC Porto

    Desporto

    Miguel Layún treinou esta quinta-feira sem limitações nos 15 minutos abertos à comunicação social. O defesa do FC Porto recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda, que o levou a falhar os útlimos três jogos dos dragões.

  • Marcelo de volta a casa após diagnóstico de gastroenterite aguda
    3:37
  • "Todas as decisões que tomei foi sempre a pensar no Sporting primeiro"
    2:08
  • Saransk tanto anseia por Ronaldo que até lhe fizeram um vídeo e uma música
    3:07
  • Portugal quer atrair imigrantes
    1:28

    País

    O Governo prepara-se para regularizar a situação de 30 mil imigrantes ilegais que vivem em Portugal. De acordo com a edição deste sábado do semanário Expresso, o Executivo pretende também abrir portas a 75 mil novos imigrantes por ano.