sicnot

Perfil

Desporto

Moreirense derrota Feirense e lidera grupo do FC Porto na Taça da Liga

Lusa

O Moreirense venceu esta quinta-feira o Feirense por 2-1, em jogo da primeira jornada do grupo B da Taça da Liga de futebol, disputado no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira.

Boateng (22 e 45+1) colocou o Moreirense com dois golos de vantagem ainda antes do intervalo, tendo o Feirense reduzido no arranque da segunda parte por Platiny, aos 49 minutos.

Com esta vitória, a equipa de Augusto Inácio, que em dia de estreia recebeu ordem de expulsão aos 45 minutos, assumiu a liderança do grupo B com três pontos, contra um de FC Porto e Belenenses.

O Moreirense foi mais audaz nos minutos iniciais e criou dificuldades ao Feirense para sair em transição ofensiva. A equipa de Augusto Inácio dominou toda a primeira parte, com o primeiro sinal de perigo a sair dos pés de Nildo Petrolina, que obrigou Peçanha a uma grande defesa, após um remate à entrada da área, aos 14 minutos.

O Moreirense manteve a sua postura ofensiva e colocou-se em vantagem aos 22 minutos, quando Boateng surgiu na área e rematou forte e colocado sem hipóteses de defesa para Peçanha.

Aos 45 minutos, após um desentendimento entre dois jogadores junto ao banco do Moreirense, Augusto Inácio, que depois se afastou da confusão, acabou por receber ordem de expulsão do árbitro Fábio Veríssimo.

No minuto seguinte, o Moreirense ampliou a vantagem num rápido lance de contra-ataque concluído por Boateng, que fez a bola passar por baixo do corpo de Peçanha (45+1).

O Feirense foi mais esclarecido a nível ofensivo no início da segunda parte e reduziu a desvantagem por Platiny, aos 49 minutos, que aproveitou um desentendimento entre o guarda-redes Stefanovic e o defesa Diego Ivo.

A equipa de José Mota galvanizou-se com o golo de Platiny e começou a criar mais perigo. O Feirense esteve perto do empate num remate de Platiny, que Stefanovic defendeu, aos 63 minutos, e depois numa jogada de perigo concluída por Semedo, a que o guarda-redes do Moreirense se opôs com eficácia (74).

Lusa

  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01