sicnot

Perfil

Desporto

Futebolista de equipa alemã ferido em tiroteio

(Arquivo)

Thomas Eisenhuth

O futebolista alemão Marc Wachs, que representa o Dínamo Dresden, da segunda divisão, ficou ferido num tiroteio num quiosque na terra natal de Wiesbaden, informou esta terça-feira o clube.

Segundo informações recolhidas pela agência espanhola EFE, Wachs encontrava-se no quiosque de uma tia na zona oeste de Wiesbaden, durante a manhã de hoje, quando um homem atacou o estabelecimento.

A proprietária, de 59 anos, acabou por morrer no tiroteio, enquanto o marido, de 63, ficou ferido.

Em comunicado, o clube informa que o jovem defesa, de 21 anos, foi sujeito a uma operação e está agora fora de perigo.

A polícia alemã esclareceu hoje que está a investigar vários caminhos, incluindo o de assalto à mão armada, tendo efetuado um retrato robot do suspeito, um homem entre os 20 e os 30 anos.

O diretor desportivo do Dínamo Dresden, Ralf Minge, disse hoje, em declarações ao sítio oficial dos alemães na internet, que o clube está "chocado e profundamente afetado" pelo ocorrido.

Marc Wachs chegou ao clube no verão proveniente da equipa secundária do Mainz e ainda não somou qualquer minuto pelos sétimos classificados da segunda liga alemã.

Lusa

  • Primeiras projeções dão vitória a Angela Merkel

    Mundo

    A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas deste domingo com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

  • Maratona da democracia em Barcelona
    1:18

    Mundo

    Na Catalunha, milhares de pessoas alimentam o braço de ferro com Madrid. Em Barcelona decorre a maratona pela democracia, na Praça da Universidade. A iniciativa repete-se noutros 300 municípios da região.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.