sicnot

Perfil

Desporto

Miguel Leal diz que "qualquer pessoa percebe" que o Boavista precisa de retoques

JOS\303\211 COELHO

O treinador do Boavista admitiu esta terça-feira que a equipa da I Liga de futebol precisa de alguns retoques, por exemplo na linha avançada, acrescentando que "qualquer pessoa percebe isso" e que essa poderá ser uma "prioridade para janeiro"

Miguel Leal falava na conferência de imprensa de antevisão da partida com o Nacional, na quinta-feira, às 17:00, para a 15.ª jornada, e concordou que a equipa, com 14 golos marcados, tem uma produção ofensiva insuficiente.

"Quando não se tem um finalizador, temos de trabalhar mais os outros jogadores. Demora mais tempo. Neste momento, ainda não encontrámos um finalizador dentro da equipa", afirmou.

Miguel Leal acrescentou que, "às vezes, isso tem a ver com índices de confiança".

"Já vi avançados e finalizadores passarem por fases em que nada acontece e de um momento para o outro tudo acontece", referiu, frisando que "é como as equipas que passam momentos bons e depois menos bons".

O treinador boavisteiro prosseguiu dizendo que é preciso "paciência e arranjar soluções" para esse problema.

"É isso que andamos a treinar. Se reparar, os golos têm sido marcados por gente que normalmente não joga na linha da frente", salientou.

A prioridade para janeiro, mês em que o mercado reabre, "poderá passar" pela contratação de um goleador, "se for possível".

Miguel Leal disse que ainda fez a lista das necessidades para a equipa, mas admitiu que a equipa precisa de ser retocada. "Qualquer pessoa percebe isso", vincou.

Depois do encontro com o Nacional, segue-se nova paragem no campeonato e o treinador afirmou que quer "fazer um balanço do que foi feito" desde que assumiu funções como técnico do Boavista, há cerca de dois meses, e "ajustar alguns objetivos e algumas necessidades coletivas, que têm de ser resolvidas".

Miguel Leal já tem mais opções para o embate com os madeirenses, visto que Henrique, Idris e Bukia cumpriram os quatro jogos de castigo que lhes foram aplicados.

Henrique, porém, e Fábio Espinho encontram-se lecionados e tudo indica que não serão opção. Ainda assim, Miguel Leal tem mais por onde escolher, até porque o lateral direito Tiago Mesquita "já estará disponível".

"São mais opções que vão dar mais força à equipa", saudou, admitindo, em função disso, "fazer algumas alterações" para o Nacional.

O técnico não espera facilidades e alertou para os "muitos imponderáveis" associados ao clima adverso que, por vezes, se faz sentir no palco do jogo, a Choupana, e à necessária "adaptação" a esse cenário.

O Nacional "é uma equipa que tem bons jogadores e não está num momento bom, mas tudo pode acontecer".

"Não é uma equipa regular. É muito forte nos cruzamentos, lances de bola parada, no contra-ataque e em treinada. Vai ser um jogo equilibrado. Temos que ser mais serenos e fazer o nosso jogo", acrescentou, assinalando ainda que o Boavista, ganhando, pode sair da Madeira numa "posição mais tranquila"

O Boavista, 14.º classificado, com 14 pontos, visita o Nacional, 15.º, com menos três pontos, na quinta-feira (17:00), num jogo que vai ser arbitrado por João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.