sicnot

Perfil

Desporto

Presidente do Milan defende que atraso do avião causou "sério prejuízo desportivo" ao clube

(Arquivo)

© Aly Song / Reuters

O presidente do AC Milan considerou esta terça-feira que a equipa foi vítima de um "sério prejuízo desportivo", devido ao atraso do avião que deveria levar os milaneses para Doha, para a final da Supertaça de Itália de futebol.

Um problema técnico reteve em Londres o avião, que deveria ter voado hoje para Doha, o que deixou os 'rossoneri' em terra, em Milão.

"Fomos vítimas de um sério prejuízo desportivo. A Juventus [adversária na final] já está a relaxar ao sol e amanhã [quarta-feira] treinará com temperaturas 20º graus superiores às de Milanello [o campo de treinos do AC Milan]", frisou Adriano Galliani.

O presidente da equipa sublinhou que os milaneses só aterrarão em Doha na quarta-feira à noite, pelo que terão apenas um dia para se prepararem para a final.

O AC Milan, que perdeu com a Juventus na final da Taça de Itália da época passada, vai enfrentar os campeões de Itália na sexta-feira, na capital do Qatar.

Lusa

  • "Joguem à bola"
    1:35

    Desporto

    Cerca de uma centena de adeptos do Sporting esperaram até perto das 3:00 pela chegada da equipa ao estádio de Alvalade. Depois da eliminação da Taça de Portugal, em Chaves, foi necessário o reforço policial para garantir a segurança da comitiva leonina.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • Putin sai em defesa de Trump
    2:29

    Mundo

    Vladimir Putin já saiu em defesa de Donald Trump e diz que houve uma tentativa de minar o Presidente eleito dos Estados Unidos, através de um alegado relatório, atribuido à espionagem russa. Putin diz que o relatório é falso.